Meu Perfil
BRASIL, Sudeste, RIO DE JANEIRO, Mulher, de 36 a 45 anos, Portuguese, English, Arte e cultura, Cinema e vídeo, poesia



Histórico


Votação
 Dê uma nota para meu blog


Outros sites
 UOL - O melhor conteúdo
 BOL - E-mail grátis
 Poetrix - Lílian Maial
 Lílian Maial - prosa & verso
 Poros e Cendais - Antoniel Campos
 Poesia Sim - Lau Siqueira
 Tábua de Marés - Márcia Maia
 Angela Bretas
 Ver-O-Poema


 
Sonetos - Lílian Maial


 

Marca de Nascença

®Lílian Maial

 

 

Tenho a marca de nascença da poesia -

um estigma que trago em minha essência -

ladeada por brocados de euforia

e o silêncio sibilante da insolvência.

 

Nas sevícias de uma longa litania,

é nos versos que a razão pede clemência,

e se entrega ao devaneio e à epifania,

traz no ádito o pecado e a penitência.

 

Tanta dor aglutinada numa folha,

solitário insulamento sem escolha,

panteão que perpetua a orfandade.

 

Não há corte ou abrasão que a sublime.

Esse laivo, esse sinal que me redime,

É uma dádiva, é o inferno, ou a deidade.

 

**************

 



Escrito por Lílian Maial às 17h32
[] [envie esta mensagem] []




[ página principal ] [ ver mensagens anteriores ]